| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

MiniClube.Jex
Desde: 08/05/2004      Publicadas: 48      Atualização: 15/05/2005

Capa |  (:-*)  |  Boa Idéia  |  Editorial  |  Glossário  |  MiniCenter  |  Panorama  |  Parceiros  |  Perfil  |  Quem Somos  |  Retrospectiva


 Panorama

  24/10/2004
  0 comentário(s)


Todo dia, toda hora, em qualquer lugar.

Muitas pessoas pensam que miniaturas e casas de bonecas estão apenas nos museus e são inacessíveis para as classes mais baixas. Nem sempre é assim. O miniaturismo exige muito mais da criatividade de cada um. Anos atrás não existiam lojas especializadas em miniaturas, e ainda é assim na maior parte do país. A outra opção era viajar ou pedir aos amigos que trouxessem “lembrancinhas” de suas viagens ao exterior.
Eu sou uma das pessoas que começou fazendo miniaturas com sucatas, restos de tinta da pré-escola dos meus filhos e nem mesmo tinha conhecimento do hobby "casa de bonecas" ou da escala 1:12.
Selecionei o texto abaixo de uma das nossas "meninas", tem tudo a ver com o começo de muitos de nós.

"Sou contadora e, de cara, nada tem a ver minis. Como fui paupérrima na minha infância meus brinquedos eram tampas, bonecas minúsculas que eram usadas para enfeitar bolos, vidrinhos, latinhas, etc. E dessas sucatas tinha que transformar em panelas, camas, roupas, etc... e, em vez de tomar horror por coisinhas desse tipo eu amei cada vez mais pois essa época eu fui muito feliz e criava um mundo maravilhoso. Uma vez achei no lixo uma embalagem de isopor de tv ou algo parecido e era cheia de divisões e transformei essa caixa num palácio, o piso pintado de lápis de cor, usou muitos palitos de dente e muitas outras sucatas. Bom, meu mundo maravilhoso que eu imaginava na infância não se transformou em realidade, mas consigo roubar umas horas só para mim e me transportar para ele quando paro, faço um bordadinho para minha casinha, faço umas coisinhas em biscuit e agora me arrisco a construir, pois é isso o que mais desejo: fazer minhas próprias coisinhas. Tenho agora tentado me arriscar em roomboxes, pois foi sugestão da própria Regina, em vez de partir para algo grandioso pois poderia se tornar demorado os resultados pretendidos e acabar desistindo.
Até uma roombox já leva tempo para fazer!!! Então essa é minha visão da mini x profissão x vida."
Regina N. - Rio de Janeiro

  Autor:   Regina Passy-Yip


  Mais notícias da seção Depoimento no caderno Panorama
24/10/2004 - Depoimento - Qual a relação entre miniaturas e a sua profissão?
O MiniClube reúne pessoas que atuam nas mais diversas áreas; poucos são os que fazem das miniaturas o seu principal ou único ganha-pão. Numa pequena enquete, perguntei qual a relação entre as miniaturas e a profissão de cada um. Recebi muitas respostas, relatos técnicos e verdadeiras histórias de vida. Selecionei as mais interessantes para colocar ...



Capa |  (:-*)  |  Boa Idéia  |  Editorial  |  Glossário  |  MiniCenter  |  Panorama  |  Parceiros  |  Perfil  |  Quem Somos  |  Retrospectiva
Busca em

  
48 Notícias